REFORMA TRABALHISTA – TEXTO FINAL
25 de July de 2017

Terminando para começar…

Assim é o tempo, quando parece ser, não é; pois tudo que é, deixa de ser no mesmo instante; e tudo que será, por definição, não é. Deste modo, somos vida em trânsito que deixa de ser a cada instante. Destarte, a única coisa que é, é o passado, pois quando lembramos o fazemos no presente, definição esta de Agostinho que atravessa XI séculos.

Com o fim convencional do ano, iniciaremos uma nova etapa, com a lembrança de um passado que se faz presente, pois aí está a perfeição da concepção humana, que é capaz de vivenciar e se fortalecer com algo que materialmente já não existe, às lembranças de muitos momentos felizes e de realizações deste ano que se finda.

Firmes na certeza que a incerteza é a única certeza, pois ofício do futuro, e na crença de que nenhuma circunstância possui a capacidade de monopolizar o tempo em vida ou a vida no tempo, alegria e tristeza, vamos em busca dos bons momentos, ainda que raros, assim como há mais cascalhos do que ouro e diamantes, sendo que eles possuem a capacidade divina de se perpetuarem em nossa memória, passado que é sempre presente, combustível da no nossa paixão pela vida. Vida feliz. Vida que vale por ela mesma.

Feliz 2015!

Jaison Vieira

 

 

 

1 Comment

  1. Prezado Amigo,
    Com muita franqueza, fico feliz ao visitar este seu belo sítio eletrônico.
    Muito clean e objetivo, senti apenas a falta de uma palavra que marca muito a sua presença nesta vida.
    Competência.
    Sem modéstia, sugiro que uses bem a palavra que se traduz em eficiência, cerne de todos que precisam de um advogado para simplesmente superar as lides e viver, no melhor termo do seu texto de encerramento de 2014.

    Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *